RECUPERAÇÃO DA DIMENSÃO VERTICAL DE OCLUSÃO POR MEIO DE LAMINADOS CERÂMICOS MINIMAMENTE INVASIVOS

  • Jenival Correa de ALMEIDA Faculdade de Ciências e Tecnologia
  • Kécia Teles Reis da Silva ALMEIDA
  • Gustavo Moreira de ALMEIDA

Resumo

O bruxismo é considerado uma atividade parafuncional de etiologia multifatorial e a sua reabilitação está intrinsicamente relacionada com a experiência clínica do profissional. Sendo assim, o presente relato de caso clínico faz uma abordagem de bruxismo com diminuição da dimensão vertical de oclusão (DVO) e reabilitação oral por meio de laminados cerâmicos minimamente invasivos. Paciente do gênero masculino, com idade de 50 anos, procurou atendimento com queixa principal relacionado ao desgaste dentário causado pelo bruxismo e a aparência dos dentes. Na anamnese e exame intra-oral foi confirmado o desgaste dental acentuado e grande perda de DVO. A proposta do planejamento clínico foi mensurar a DVO por meio dos métodos métrico, fonético e estético com registros da relação cêntrica. A princípio a nova DVO foi devolvida ao paciente por meio de uma prótese removível tipo overlay confeccionada com base no enceramento diagnóstico. Foi proposto ao paciente reabilitação oral por meio de laminados cerâmicos, com o mínimo de desgaste da estrutura dos dentes anteriores, tabble tops nos dentes posteriores para arcada superior e inferior e coroa total na unidade 46. Com base no enceramento diagnóstico final foi realizado mock-up em resina possibilitando ao paciente visualização prévia. Em seguida, confeccionou-se a placa oclusal para controle do bruxismo do Sono. Pode-se concluir que a aplicação de laminados cerâmicos minimamente invasivos proporcionou resultados satisfatórios referentes a restabelecimento da dimensão vertical de oclusão, restauração da eficiência mastigatória e estética facial, assim como, representou um trabalho reversível, e não invasivo.

Biografia do Autor

Kécia Teles Reis da Silva ALMEIDA

Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal da Bahia (2010). Especialista em Endodontia pela Universidade Federal da Bahia (2013) Especialista em Saúde da Família pela Universidade Federal de Pelotas (2014) Especialista em Implantes dentários (2017) Cursando especialização em prótese dentária (2019).

ID Lattes: 4267544084633644

Gustavo Moreira de ALMEIDA

Possui graduação em Odontologia pela Universidade Vale do Rio Doce (1996) e mestrado em Odontologia pelo Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic (2010). Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Odontologia, atuando principalmente nos seguintes temas: endodontia, irrigação, dor, cirurgia paraendodôntica, tratamento endodôntico, apicectomia e dor pós-operatória, sessão única, sol. irrigadoras. Coordenador do Curso de Especialização em Endodontia pela ABO- Ilhéus -Ba. Coordenador do curso de Odontologia da Faculdade de Ciências e Tecnologia - FTC. Doutorando em ciências da saúde na UNB-DF.

ID Lattes: 9463303721412472

Publicado
2019-11-16
Como Citar
ALMEIDA, Jenival Correa de; ALMEIDA, Kécia Teles Reis da Silva; ALMEIDA, Gustavo Moreira de. RECUPERAÇÃO DA DIMENSÃO VERTICAL DE OCLUSÃO POR MEIO DE LAMINADOS CERÂMICOS MINIMAMENTE INVASIVOS. REVISTA FAIPE, [S.l.], v. 9, n. 2, p. 1-6, nov. 2019. ISSN 2179-9660. Disponível em: <http://revistafaipe.com.br/index.php/RFAIPE/article/view/166>. Acesso em: 12 dec. 2019.
Seção
ODONTOLOGIA