PROTOCOLO PARA CONTROLE RADIOGRÁFICO DA REABSORÇÃO RADICULAR EXTERNA INDUZIDA ORTODÔNTICAMENTE

  • Emily Nascimento Garcia CALAZANS
  • Luiz Eduardo ALESSIO JR
  • Ana Paula de AGUIAR
  • Bruna Lorena dos Santos de OLIVEIRA
  • Marcus Vinicius CREPALDI

Resumo

Os dentes permanentes, durante a movimentação ortodôntica, podem sofrer um processo inflamatório de reabsorção radicular externa com redução do comprimento radicular normal. A etiologia é multifatorial, podendo estar associada a fatores locais ou mecânicos. É de extrema importância ao ortodontista conhecer os fatores que desencadeiam a reabsorção radicular externa durante a movimentação ortodôntica e realizar uma criteriosa anamnese e planejamento clínico individualizado de acordo com os fatores de risco presentes em cada caso. Este trabalho expõe, após um levantamento bibliográfico sobre reabsorção radicular externa na Ortodontia, os principais fatores etiológicos envolvidos e apresenta um protocolo de controle radiográfico das reabsorções radiculares externas.


 

Biografia do Autor

Emily Nascimento Garcia CALAZANS

Especialista em Ortodontia

Luiz Eduardo ALESSIO JR

Mestre e Doutor em Ortodontia

Ana Paula de AGUIAR

Mestre em Ortodontia

Bruna Lorena dos Santos de OLIVEIRA

Mestre em Ortodontia

Marcus Vinicius CREPALDI

Doutor em Ortodontia

Referências

Alves-Costa PA, et al. Reabsorções radiculares apicais externas. Rev Int Est Exp. 2011; 3:38-43.

Capelozza Filho L, Silva Filho OG. Reabsorção radicular na clínica ortodôntica: atitudes para uma conduta preventiva. Rev Dental Press Ortod Orthop Facial. 1998; 3(1):104-26.

Chiqueto K, Barros SEC, Janson G. Influência da morfologia radicular na reabsorção apical. Revista UNINGÁ. 2009; 20(1):161-72.

Consolaro A, Bittencourt G. Why not to treat the tooth canal to solve external root resorptions? Here are the principles! Dental Press J Orthod. 2016; 21(6):20-5.

Consolaro A, Martins-Ortiz MF. A reabsorção radicular ortodôntica é inflamatória, os fenômenos geneticamente gerenciados, mas não é hereditariamente transmitida. R Dental Press Ortodon Ortop Facial. 2009; 14(4):25-32.

Consolaro A. Reabsorções dentárias na movimentação ortodôntica. In:_________. Reabsorções dentárias nas especialidades clínicas. Maringá: Dental Press; 2002. p. 259-89.

Consolaro A. Reabsorções Dentárias nas Especialidades Clínicas. 2. ed. Maringá: Dental Press; 2005.

Constantino GI, et al. Tratamento ortodôntico e a reabsorção radicular. Revista Uningá Review. 2017; 29(1).

Esteves T, Ramos AL, Hidalgo MM. Apical root resorption of vital and endodontically treated teeth after orthodontic treatment: A radiographic evaluation. Dental Press Endod. 2013; 3(3):69-73.

Feitosa C, et al. Reabsorção dentária nos tratamentos ortodônticos. Odontol Clín. Cient. 2018; 17(1):13-7.

Fernandes LQP, et al. Avaliação dos possíveis fatores de risco para reabsorção radicular apical externa após tratamento ortodôntico. Rev Bras Odontol. 2017; 74(2):138-42.

Graber TM, Vanarsdall Juinor RL. Ortodontia: princípios e técnicas atuais. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002.

Kreia TB, et al. Avaliação da reabsorção radicular após a movimentação ortodôntica em dentes tratados endodonticamente. Revista Odonto Ciência da Fac Odonto PUCRS. 2005; 20(47).

Nascimento GJF et al. Mecanismo, classificação e etiologia das reabsorções radiculares. Rev. Fac. Odontol. 2006; 47(3):17-22.

Oliveira LCS et al. Reabsorção radicular em tratamento ortodôntico. Rev Odontol Univ Cid São Paulo. 2018; 30(3):275-89.

Rego MVNN, et al. Reabsorção radicular e tratamento Ortodôntico: Mitos e Evidências Científicas. J Bras Ortodon Ortop Facial. 2004; 9(51):292-309.

Santos SH, Morosolli ARC. Considerações sobre as reabsorções radiculares externas. SOTAU Revista virtual de Odontologia. 2007; 1:2-7.

Siqueira VCV, et al. Estudo da reabsorção radicular apical após o uso de aparelho extrabucal no tratamento da má oclusão do tipo Classe II, 1ª divisão dentária. R Dental Press Ortodon Ortop Facial. 2009; 14(2):54-62.

Sousa Melo SL, et al. Impact of cone-beam computed tomography scan mode on the diagnostic yield of chemically simulated external root resorption. Ajodo. 2017;151(6):1073-82.

Younis M. et al. A ortodontia frente às reabsorções apicais e periapicais prévias ou posteriores ao tratamento. Revista de Endodontia Pesquisa e Ensino OnLine. 2008; 4(8).
Publicado
2020-05-01
Como Citar
CALAZANS, Emily Nascimento Garcia et al. PROTOCOLO PARA CONTROLE RADIOGRÁFICO DA REABSORÇÃO RADICULAR EXTERNA INDUZIDA ORTODÔNTICAMENTE. REVISTA FAIPE, [S.l.], v. 10, n. 1, p. p. 57-68, may 2020. ISSN 2179-9660. Disponível em: <http://revistafaipe.com.br/index.php/RFAIPE/article/view/183>. Acesso em: 16 july 2020.
Seção
Ortodontia

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>